ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Clark e Kayla

Kayla é o arquétipo da figura de mulher agradável, afável, bela, amorosa, um conjunto harmonioso de estética e gentileza. Agradável de se ter por perto, Kayla transmite sempre serenidade. Estável, , com ela não existe conflito .

Na relação de Clark com Kayla existe conforto afetivo e uma segurança mútua. Aqui não tem crise: tem carinho e doçura. Não tem ameaça nem dúvida. Kayla não se indispõe pois tem um trato diplomático, suas atitudes são chiques e sempre trata Clark com cortesia. Kayla é “ zero” de combativa com ele, não exige dele o que ele não tem para oferecer. Tem reciprocidade, ela só “ vai” na medida que... ela mede e percebe o quanto Clark abriu de si para ela, e por isso não entra em atrito, mantendo as coisas dentro de uma medida e um equilíbrio.

Kayla traz com ela uma filosofia de vida superior e encontra abrigo em seus ideais em Clark. Busca desvendar os segredos de sua tribo, pautada em buscas dos aspectos mais intangíveis da vida. Por isso ela dá uma diretriz espiritual a relação deles, principalmente quando ela dá a entender que Clark é Naman e ela a escolhida da tribo que carrega o bracelete da mulher que é predestinada a Naman. Lembra as grandes “pitonisas” ( Os gregos chamavam Pitonisas a mulheres especiais, entre outras coisas adivinhas. Era sacerdotisa do oráculo de Delfos, porque o deus da adivinhação, Apolo, era cognominado de Pítio, por ter matado a “serpente-dragão” conhecida como Píton, e por ter estabelecido o seu oráculo na cidade chamada Pito, que depois passou a se chamar Delfos.) por sua sutileza e sensibilidade aos aspectos mais sublimes.
E é através disso que eles buscam um sentido, um direcionamento, princípios que dão um caminho. Kayla traz para Clark uma visão diferente do mundo, associado à abertura da visão mas não a visão física e sim a espiritual, visão verdadeira em certo aspecto, por ser algo que traz para ele essa abertura, essa fé, essa nova visão.
Ela abre para Clark segredos, mistérios do passado de sua tribo que não pode ser dito, não pode ser falado, algo que eles ocultam, para não expor os Kawatches, o poder de um enviado que esteve de alguma forma presente na ancestralidade de sua raça.

Esse relacionamento é um marco que faz Clark ir em busca de um sentido novo e diferente em sua vida. Kayla morre, mas deixa a semente dentro de Clark que vai germinando e crescendo em cada ano. Depois que Clark a conheceu ele nunca mais será o mesmo. Foi um relacionamento para trazer luz a um propósito de vida.
Foram as motivações espirituais que levaram Kayla a buscar relacionar-se com Clark. Como se fosse um encontro de almas predestinadas. Foi uma relação que não estava baseada em valores corriqueiros, um vínculo quase telepático. Não existe com eles cobranças, foram sentimentos mais nobres. Por isso Kayla achou que a natureza da relação deles era até sublime, porque é vista por uma outra ótica, e a perspectiva da vida de ambos muda.
Clark acessa toda uma sabedoria. Ele muda sua maneira de pensar, tudo que ele acreditava, suas verdades e certezas, se expandem para novos horizontes. Kayla não só orientou, como contribuiu para que Clark ampliasse sua consciência, se aprofundando num conhecimento maior, amoldou suas convicções.
Por isso a relação entre eles fluiu tão fácil.

Kayla parece corresponder aos sentimentos e carências afetivas de Clark.
Foi uma relação onde ela gostava dele e ele gostava dela, não tem nenhum “Bat-problema”, não tinha impedimento.

Kayla responde de maneira adequada as ânsias e buscas de Clark. Há um grande senso de companheirismo e objetivação no alcance de um objetivo comum, (cavernas e na linguagem dos símbolos), são cumplices nisso, trabalham em dupla, e não por si. Um não fica contra o outro e sim apoia o outro, e isso não ” esvazia a relação”
Clark parece compartilhar dos propósitos libertários de Kayla, apresentando vontades similares de mudar a sociedade, defender as tradições de seu povo e viver num mundo mais humano. Isso cria grande ligação entre eles,
das grandes esperanças que eles tem na vida, dos grandes sonhos, desejos que podem ser realizados. Foi uma relação que surgiu como que por acaso, e o carinho e o beneficio veio de onde menos se esperava.

Apesar de sua aparência tão meiga também é uma lutadora, quase uma amazona. Tem ação, força e coragem para brigar pela defesa das Carvernas Kawatches.

Clark conseguiu se abrir para Kayla, então ela se tornou uma cúmplice no conhecimento de seus poderes. Isso já deixou a relação mais leve, porque Clark se sentiu verdadeiro com ela. Kayla se mostrou completamente receptiva ao saber das habilidades de Clark. Ele confiou nela. O problema surgiu porque Kayla não foi tão aberta com Clark e não expôs seus “dons “ a ele, apesar de achar que era a primeira pessoa que ela encontrou na vida que poderia confiar seus segredos, porque ele sabia em sua pele como era carregar um segredo tão grande. Mas ocultar o seu poder de mutação acabou custando-lhe a vida, e isso os separou e ela deixou de ser a “ predestinada para ele”.

Ela tem vários componentes dentro dela, a companheira, a amante a guerreira, e todas estabelecendo “ sinapses” muito bem ajustadas. Foi uma oportunidade rara Clark encontrar alguém com tantas características numa mesma personalidade

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton