ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Primeira Temporada - Episódio: 12

· Episódio “Sanguessuga” (1.12)
Na excursão do Colégio, Clark é atingido por um raio enquanto tentava salvar Eric Summers. O raio atinge a Kryptonita que estava nas mãos de Eric e transfere os poderes de Clark para o rapaz. No início Clark sente a ausência de seus dons, achando até que parte de sua personalidade lhe foi sugada também. Começando a enxergar o evento por um outro ângulo, sente a necessidade de “despertar” algo dentro de si que estava adormecido, para ser revelado e liberto. Para que isso aconteça, o sentimento de perda de suas capacidades, precisa ser descartado, para deixá-lo seguir em frente:
Clark: Às vezes, deixar para trás é o único modo de seguir em frente. (1.12)
Desaprisionado, conseguiu manifestar uma personalidade renovada. surge, emerge e salta algo de novo dentro de Clark, que arrebata sua personalidade. Ele só conseguiu perceber isso quando seus poderes, mascaravam seu verdadeiro ser. Clark como disse seus pais, é ele mesmo, independente de seus dons, mas que o próprio não via. Daí, a perda momentânea dos poderes, só serviu para revificar uma qualidade que já estava no “menu” de sua personalidade, mas que ainda não tinha sido degustada: A grande nobreza de seu caráter, mesmo sem seus super-poderes.
“Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito: um se chama ontem e o outro amanhã.” (Dalai Lama)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton