ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Segunda Temporada - Episódio 13

· Episódio “Suspeito” (2.13)
Lionel Luthor é baleado, Jonathan é acusado e vai preso, pois foi pego com diversas evidencias. Clark precisa provar que seu pai é inocente. Buscando pistas, Clark e Pete são perseguidos por um caminhão que os tira da estrada. Com um tiro, o carro de Pete explode, poucos segundos depois de Clark conseguir tirá-los de dentro. Clark não para de investigar e encontra o barman do ‘Wild Coyote” trancado morto no freezer. Revirando o bar, Clark encontra uma fotografia do xerife Ethan com o Barman. Clark bola um plano com Lex, de espalhar um boato que Lionel melhorou e iria identificar quem atirou. Na verdade, transferiu Lionel de quarto e ficou a espera do autor da tentativa do crime.
E para surpresa de Clark, foi Ethan o Xerife. Clark fica muito decepcionado pois seu Pai, Jonathan e o Xerife Ethan foram amigos da mesma classe no passado, e mesmo assim Ethan quis incriminá-lo.
Clark – Você cresce, achando que conhece a pessoa, mas... uma maldade assim não nasce de repente... (2.13)
Clark questiona se as pessoas já nascem com uma índole má ou se isso surge depois. Ele deixa no ar a pergunta se maldade é nata da pessoa ou se desenvolve ao longo da vida. Uma pessoa pode viver sem jamais usar sua consciência, vivendo no escuro, por isto é incapaz, nestes momentos, de distinguir o bem do mal. Pode ser apenas influência das pessoas que a rodeiam no meio em que vive, e começar aprender com exemplos ruins. O ladrão ou o criminoso, seria ele o maior culpado por seus delitos?
Lex por sua vez acredita que independente da própria pessoa, existem circunstâncias ou indivíduos que despertam a malevolência:
Lex- “ Sabe a maldade da qual falava? Não sei se nascemos com ela. Acho que gente como meu pai sabe trazê-la à
tona”
“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, sua origem ou religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta”. (Nelson Mandela)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton