ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

QuartaTemporada - Episódio 22

· Episódio “Commencement (Formatura)” (4.22)
Clark sonha que gigantescas luzes se cruzam no céu até se unirem e provocarem uma grande explosão. Assustado, ele conta para seus pais que acha que é uma espécie de aviso. Sem esquecer seu pesadelo, Clark se prepara para seu grande momento, sua formatura.
No colégio, na hora da chamada dos formando, Clark percebe que Lana não está.
Ela está na mansão com Lex, tentando se acalmar após o incidente com Genevive. A mãe de Jason, cega e completamente perturbada com a busca das pedras sagradas, após aprisionar e torturar Lionel e Lex, consegue a confissão de Lionel que a pedra está com Lana e foi até a casa dela. Tomada por um desvario, Genevive ameaça matar Lana, atraindo o espirito de Isobel, que para salvar o corpo que ela “possui” (Lana) e ao mesmo tempo para cumprir sua promessa de exterminar todos os descendentes de Gertrudes, mata Genevive. Lex pega Lana com a pedra na mão enfincada no coração de Genevive, com ela morta. Ele leva Lana para a mansão, perdendo sua formatura.
Na hora da entrega do diploma, quando o chefe da mesa insiste chamando o nome de Lana Lang para lhe entregar o diploma, chegam diversas viaturas do exército. É decretada emergência federal, com ordens para evacuar a cidade pois ela será atingida por uma chuva de meteoros em menos de três horas. As pessoas começam a entrar em pânico, para abandonar Smalllville. Chloe acha inacreditável que esse fenômeno se repita na mesma cidade:
Chloe - Ei, Clark, consegue acreditar nisso? Duas vezes em 16 anos, digo que isso é loucura! Smallville deve ser um tipo de Alvo extraterrestre!
Clark - Isso é bem estranho, huh?
Chloe - Bom, deve ter algum tipo de Ligação no cosmos. Quer dizer, isso não é só uma coincidência.
Clark - Sim, tenho certeza que há algum tipo de explicação.
Chloe - Bom, tem algo em Smallville que está suplicando por atenção celestial. Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar sem ter algo que o atraia, certo? Eu só imagino o que seja isso. (Chloe olha para Clark).
Clark vai para sua casa ajudar seus pais a arrumarem as coisas e saírem da cidade. Ele decide ficar, pois sabe que isso tem relação com ele, e sente que é o único que pode fazer alguma coisa. Pegando a chave octagonal, vai até a caverna conversar com seu pai biológico, Jor-El:
Clark - Você é meu pai. Fale comigo. E me diga o que você fez!
Jor- El - "Você quem causou isso a si mesmo, Kal-El."
Clark - O que eu fiz?!
Jor-El - "Eu mandei você aqui para juntar os 3 elementos."
Clark - As pedras? Elas não tem nada a ver comigo!
Jor- El - "Mas elas tem Kal-El, pois o conhecimento do universo está legado a você somente. Porém você escolhe negar sua herança. Hoje, você testemunhará as consequências.
Clark - Então você mandou uma chuva de meteoros?
Jor- El - "Eu não fiz nada, Kal-El. Sangue humano manchou um dos elementos e despertou um grande perigo da escuridão do espaço."
Clark – O que posso fazer para parar isso?
Jor- El - "Não há nada que possa fazer para impedir o que já está acontecendo. Mas a chuva de meteoros é somente o início Kal-El. Eu o avisei que os elementos não poderiam cair nas mãos de um humano. Os três devem se tornar um. É a única maneira de salvar a Terra de sua aniquilação total."
Clark - Bom, eu não sei onde eles estão! Eu não tenho tempo para encontrá-las!
Jor- El - "Se não as uni-las você, meu filho, será caçado por um fogo do céu. Nem mesmo você pode sobreviver. O futuro da humanidade está em suas mãos, Kal-El."
Clark - Por favor.. me ajude! Eu não posso fazer isso sozinho!
Clark terá que encontrar as pedras sagradas para amenizar a catástrofe que se aproxima. O destino da humanidade, o futuro da civilização e sua própria vida dependem dessa busca. Clark definitivamente reconheceu a importância de seu papel e abraçou irrefutavelmente seu destino.
Clark pede para seus pais evacuarem da cidade sem ele, comunicando que ficará para fazer o que for necessário.
Jonathan – “Tudo Bem. Mas eu quero que me escute agora. Todos os anos que sua mãe e eu passamos vendo você crescer de um bebê de olhos arregalados correndo por essa fazenda até o homem que está na minha frente agora, foi por este momento. Faça isso, filho. Nos deixe orgulhosos.”
Jonathan percebe que é a hora de libertar seu filho. E aceitar que Clark se elevou a um novo patamar de compreensão. Jonathan sempre enxergou as sementes de força e coragem que um dia germinariam dele.
Lana sai da mansão e vai até o celeiro entregar a pedra sagrada que estava com ela para Clark e se despedir dele, pois com a incerteza do que estava a acontecer, ela não queria deixar de dizer a Clark que o amava:
Lana – “... Clark, eu não sei o que vai acontecer comigo. Eu quero que você fique com isso.
Clark - Onde você conseguiu isso?
Lana - Na China. Seja o que for, o que signifique, eu... de alguma forma eu sei que pertence a você.
Clark - Isso é sangue?
Lana - Se lembra de todas aquelas vezes em que eu pedi uma explicação, mas você disse que não poderia me dar uma, que eu deveria confiar em você? Bem, dessa vez eu preciso que você confie em mim...Clark, eu preciso que você saiba que aconteça o que acontecer, eu nunca vou te esquecer.
Clark - Lana, você está falando como se nunca mais fossemos nos ver.
Lana - Eu amo você. (Eles se beijam)
Clark - Eu também te amo.
Esse desenlace torna o momento supremo, mostrando que o amor deles conservara a força que os moverá em direção à um reencontro. Lana volta para a mansão Luthor, deixando um recado na caixa postal de Chloe para avisar que ela estava lá. Chloe volta da estrada para ir ao ser encontro.
Clark leva a pedra recebida de Lana e encaixa na mesa octagonal na caverna. Ao se unir esta pedra com a primeira, elas acendem, fazendo acender a terceira pedra, que estava em outro local.
A terceira pedra estava no bolso de Lionel Luthor, que no momento que se acendeu, o deixou em estado de choque.
Lionel ficou afetado por uma estranha anomalia, passando a ver toda linguagem Kryptoniana em sua tela mental. Lex tenta pegar a pedra de seu pai, mas é jogado longe pela energia da pedra. Quando a pedra sagrada se apaga, ele a guarda em seu cofre e vai levar Lana até o helicóptero para evacuar a cidade.
Clark escuta o chamado da terceira pedra e vai buscá-la. Seguindo o ruído metálico ele chega na biblioteca de Lex, arrancando a porta do cofre, mas ao pegar a pedra sagrada ele desfalece, por estar o cofre repleto de Kryptonitas.
Chloe indo ver Lana na mansão encontra Clark caído no chão. Ao lembrar do dia de sua eleição de rainha que viu Jonathan enfraquecer Clark com um meteorito, ela arrasta Clark para fora do alcance das pedras. Chloe escuta o barulho de Lex chegando e ao virar para falar com Lex Clark desaparece sem ser visto. Lex fica desesperado para saber o que aconteceu em sua sala. Chloe finge ignorar o que houve e Lex a obriga a acompanhá-lo até a caverna.
Os meteoros começam a cair, atingindo a cidade. A casa dos Kent é um dos primeiros alvos e fica praticamente destruída. O helicóptero de Lana também é abatido por um meteoro, caindo no campo Lander´s. Lana gravemente ferida se arrasta para fora da aeronave em direção a um barranco. Abalada com o acidente ela entra em estado de choque e pânico, vendo explosões e fumaça em tudo a sua volta, cobrindo de poeira e fuligem toda cidade. Uma enorme nuvem de terra subiu próximo a ela, não era possível ver nada. Lana então chegou mais perto e viu uma grande espaçonave!

Ao mesmo tempo Clark já tinha conseguido retornar para a caverna entrando na câmara oculta para unir a terceira pedra sagrada.
Lex vinha logo atrás com Chloe e percebem uma luz forte vindo do fundo da caverna. Chloe sabia que era Clark e para proteger seu amigo, joga Lex contra a parede de pedras que perde momentaneamente os sentidos. Chloe vai em direção a fenda que já estava repleta de um luz cintilante. Extasiada, ela vê Clark no meio do extrondoso brilho, com as três pedras na mão, que unidas formaram um belíssimo cristal, pairando pelo ar.

O brilho se torna ainda mais intenso, atingindo Clark com raios branco azulados que irradiavam um esplendor inigualável. O processo desencadeado já está em andamento e parece não ter mais retrocesso. Clark segue definitivamente ao caminho da redescoberta de suas raízes genuínas. Com a velocidade do pensamento Clark é transportado para outro extremo do planeta, em um insólito fenômeno. Devido a proximidade de Chloe ela também foi envolvida por essa linhas sutis de energia e foi carregada junto. Eles foram levados para um ponto de efusão planetária, o polo Norte, um chakra planetário.
Clark ao unir as pedras sagradas fez uma conecção com os meridianos energéticos que atravessam a Terra física e o seu corpo, formando um tipo de malha eletromagnética com força suficiente para abrir um portal dimensional, criando um gigantesco vórtice energético gerando um ponto de saída.
Clark com o Cristal em sua mão, em pleno Ártico deixa-o flutuando a sua frente, até que o joga longe. A atmosfera se tornou brilhante de luz, pontas cristalinas começam a emergir do gelo, transformando-se num complexo sistema geométrico com milhares de pontos pulsantes luminescentes. Foi criado assim um suntuoso recinto sagrado de mais de quarenta andares, denominado “Fortaleza da solidão”. Formada por um complicado padrão de energia transdimensional, a colossal e imponente estrutura, abrigava agora um silêncio magestoso, aguardando a entrada de Clark. A pomposa estrutura estava se preparando para transmitir as informações contidas nos cristais geométricos estelares para o treinamento de Clark. A geometria de Krypton foi duplicada para instrução e capacitação de Clark com informações Cósmicas, para ele conseguir salvar o planeta.
Jor-El- “ Kal – El, você veio de longe, uma jornada termina e outra está para começar... Bem-vindo ao lar, filho”.
Quando as pedras de poder foram parar nas mãos de pessoas com energias desqualificadas, gerou um incidente Cósmico, que poderia levar a um apocalipse final. Clark com sua super-sensilibidade teve um sonho premunitório com uma espécie de Aurora Boreal com as cores dos três raios das pedras sagradas (azul, vermelho e amarelo), esses padrões se movimentando no céu, traziam mensagens que culminavam com uma explosão na atmosfera. Todo treinamento que Clark teve até então seria posto a prova e ele precisaria dar 100% de si, mostrando que atingiu um nível maior de consciência. Clark precisa auxiliar a Terra e ao mesmo tempo se empossar dessa sabedoria destinada a ele. Isso vai exigir novas posturas e comprometimentos dele para concluir seu aprendizado. A continuidade da existência de todos os seres no planeta dependerá apenas do desempenho de Clark em sua missão.
Clark tem a real clareza do que esta por ocorrer e da importância disso e mesmo sabendo que até ele corre risco de vida, não teve medo de enfrentar.
“ ... O que está por vir é fascinante, porque o ser humano está sempre a enfrentar os grandes desafios. Não para. Não se amedronta. As civilizações passadas enriqueceram o homem com feitos que demonstram o elevado grau de desenvolvimento que este atingira, como o comprovam as pirâmides do Egito, dos Astecas, os templo Incas e, as civilizações perdidas, que remontam a milhares de anos, quiçá milhões de anos... as civilizações orientais da China, do Japão, do Khmer e da Índia dão mostra da riqueza espiritual... os indígenas e os negros legaram sua religiões, seus deuses, tradições e sonhos, que continuam inspirando, com sua cultura, a alma de nosso povo e a sociedade... E vocês... têm uma grande responsabilidade na condução deste mundo.... Não obstante, eu acredito que estamos na aurora de uma nova era, um novo ciclo. Descortina-se um novo horizonte... vocês estarão palmilhando uma nova etapa na vida... Busquem lapidar com o cinzel da sabedoria as arestas e agruras que afligem o homem...Seja justo sempre. Seja intransigente com a injustiça e a ilegalidade. Seja solidário com o inocente. Seja duro com o infrator....
Acredito em vocês. Acredito na grande virada da civilização. Sou otimista. Sou um grande sonhador... Porque vejo em toda parte... seres humanos... que querem viver, trabalhar, realizar, criar, enfim, gravar sua presença na Terra com seus feitos, não importam quais, pois todos temos uma missão a cumprir... Não esmoreçam jamais. Tenham fé e lutem por dias melhores. Continuem nesta jornada, porque todo ser humano traz em si a energia celestial. Saibam utilizá-la.” (Leon Frejda Szklarowsky – trechos de seu discurso como Paraninfo da turma de bacharéis em direito)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton