ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Terceira Temporada - Episódio 8

· Episódio “Surto” (3.08)
Lex descobre que Morgan Edge ( o chefão do crime organizado) não morreu e fez uma cirurgia plástica para não ser reconhecido. Obrigando Edge a fazer a confissão que Lionel e Ege assassinaram os avós de Lex , grava a acusação para usar como prova que levaria Lionel a condenação.
Guardando a prova no cofre da mansão, um atirador entra perseguindo Lex e atirando em seu segurança particular, Darius. Lex foge e se esconde no celeiro de Clark pedindo ajuda a ele. Clark vai até a mansão para pegar a gravação no cofre, mas o cofre está vazio e não há nenhum vestígio do tiroteio relatado por Lex. Buscando encontrar outra prova para incriminar Lionel, Clark descobre que Chloe também estava envolvida no caso. Ao voltar para a fazenda, Clark encontra Lionel a procura de Lex, lhe comunicando que Lex está muito doente, com um surto psicótico, precisando de cuidados médicos. A princípio Clark não acredita em Lionel, mas ao entrar no celeiro encontra Lex com uma alucinação conversando com o cobertor como se fosse seu falecido irmão Julian. Ficando então Clark em dúvida quanto a sanidade mental de Lex. Percebendo sua insegurança quanto a apoiá-lo, Lex sai da fazenda dizendo ir provar que Edge está vivo e ele não está louco. Clark o acompanha, mas ao chegarem no local que Lex esteve anteriormente com Edge, encontram uma confecção , dando a entender a Clark que a história de Lex pode ser fantasia. Lex volta para mansão com Clark e encontram Darius sem ter sofrido nenhum tiro, Lex acusa seu segurança de fazer parte de uma conspiração contra ele. Surge a psiquiatra de Lex querendo medicá-lo e interná-lo. Lex mais uma vez pede para Clark acreditar nele:
Lex- “ Não, Clark! No hospital, vou morrer ou ficar babando numa cela pelo resto da vida... é o plano perfeito Clark, se me acharem louco, não acreditarão no que sei sobre meu pai e Edge...talvez eu esteja louco, Clark. Francamente, não sei mais. Mas e se eu estiver certo? Vai deixar mesmo que eles me internem?” (3.08)
Clark apoia Lex e o esconde em um estábulo. Pedindo a Lana para ficar com Lex enquanto leva a medicação para analisar, Lana resolve dar um chá para acalmar Lex. Desconfiado que Lana também quer dopá-lo, joga-a dentro de uma báia , o cavalo que estava lá dentro se assusta pisoteando Lana. Ao chegar, Clark encontra Lana desacordada e a leva em estado crítico para o hospital, se sentindo imensamente culpado por ela estar entre a vida e a morte.
Chloe chega com a análise da medicação, constatando que era um sedativo comum. Mas desconfia que Lex estava sendo drogado de outra forma. Clark descobre que era Darius que estava colocando alucinógeno no Uísque de Lex.
Obrigando Darius a telefonar para a pessoa que o contratou para drogar Lex, Clark marca um encontro fingindo querer dinheiro para se manter calado. No encontro Clark domina o atirador que foi para executá-lo e descobre o endereço de Morgan Edge.
Lex por sua vez, ao fugir vai a LuthorCorp, e obriga seu pai a confessar a localização de Edge. Lionel apesar de tudo, acaba pedindo para Lex tomar cuidado, pois admite não aguentar perder outro filho.
Lex e Clark chegam na casa de Morgan Edge. Lex se espanta de Edge e Clark já se conhecerem e acha que Clark também está envolvido na conspiração contra ele. Lex atira em Edge e diz precisar matar Clark também. Aproveitando o momento de distração, mesmo baleado Edge pega um carro para fugir. Lex se coloca na frente do carro, atirando e matando Morgan Edge, mas o carro sem controle vem em sua direção. Clark se joga na frente, salvando Lex.
Lex- “ Eu estava certo a seu respeito o tempo todo, Clark. Você nem é humano”
A psiquiatra de Lex chega, Lex conta que Clark foi atropelado por um carro a 130Km/hora, mas Clark já tinha desaparecido. Ela interna Lex.
Clark vai visitar Lana, que finalmente acorda:
Lana- “ ... Eu quase morri, Clark... sempre achei que você era paranóico... sobre ser perigoso estar com você, mas é verdade... tudo bem, Clark. Eu sei que você só queria me proteger. Mas tem razão. Acho que o melhor é ficar mesmo longe de você.”
Foi assim que Lana sacramentou um longo período de distanciamento entre ela e Clark. Desse ponto em diante, houve um corte transcendental na história entre eles. Mesmo que temporário, os efeitos da intempérie são sentidos em ambos.
Nem tudo saiu como Clark esperava em vários sentidos, e em meio a arranhões Clark percebe as dificuldades da vida, mesmo para quem tem superpoderes. Ele sabe que os problemas não acabam aí., isso está recém começando. Ainda tem muito “abacaxi para descascar” e Clark não pode se dar ao luxo do desânimo e compreende com a vida, uma grande professora, que ainda tem muito que aprender e algumas vezes de forma cruciante e sofrida.
Clark viveu o ensinamento de Buda, revelado em uma das quatro nobres verdades “ A vida é sofrimento” (dukkha - representa o sofrimento que dá cor a toda a existência finita.) mostrando que os momentos em que as coisas estão inadequadas, alguma coisa correu mal e saiu da engrenagem.
Grande parte do que resta para ser feito vai precisar de luta. Hal Urban (escritor) explica que é o processo de combater as dificuldades de cabeça erguida e procurar elucidações para as adversidades que dá sentido a vida. É no mergulho para dentro de si, para buscar recursos para enfrentar os desafios, que Clark vai descobrir “de que material ele é feito” . .. e descobre que precisa ser como o bambú: forte, porém maleável ao vento para resistir as tempestades sem quebrar.
Clark se sente em um mundo cada vez mais injusto e com imposições cada vez mais difíceis de suportar.
Apesar de todo esforço para impedir a internação de Lex, sua ação acabou se tornando um fiasco. O que era para ter sido apenas mais um simples “salvamento” foi um poço de tristeza, canseira e falta de perspectiva.
E têm um significado profundo, que está no fato de que pela primeira vez percebeu a gravidade dos atos de Lionel, compreendendo que seus amigos são atingidos por serem os elos mais fracos.
Uma das chaves desta situação é a percepção do que está ao seu alcance e o que não está.
“ Que Deus me dê a serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar as coisas que posso mudar e a sabedoria para distinguir uma coisa da outra.” (Prece da serenidade – Reinhold Niebuhr)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton