ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Segunda Temporada - Episódio 23

· Episódio “Êxodo” (2.23)
Clark vai até o celeiro em direção a voz que se comunica mentalmente com ele. É uma voz masculina da memória de seu pai biológico, a criatura da qual Clark herdou suas habilidades. Sob a forma de uma aparição, envolta em uma brilhante luz em forma de um ovo dourado, a voz começa a transmitir o recado. Deixa claro que é chegado o momento final de um ciclo, marcando um processo de amadurecimento. Clark recebe a antevisão, de que lá está o perigo: na escolha de seu destino. Ele sabe que terá que enfrentar um desafio muito difícil, a partir de sua decisão, iniciará uma nova e longa jornada. Clark não quer cumprir o destino traçado por seu pai, quer traçar seu próprio caminho. Para provar que Clark não tem escolha, essa força energética emana da nave um feixe de calor que queima seu peito com o símbolo Kryptoniano de seus ancestrais. Desesperado em não querer ser aquilo para o qual seu pai diz que ele foi criado, decide buscar uma saída, de maneira extrema. Não aceitando ser forçado a seguir as aspirações de seu pai biologico, querendo colocá-lo em uma rota de vida forçada, quebrando seus sonhos e esperanças. Revoltado com a figura irascível e autoritária de seu pai biológico, aparecendo em sua vida para lhe proibir e castigar, ele intimida Clark para lhe forçar obediência.
Clark resolve destruir a nave, eliminando a figura de seu pai. Ele consegue uma cópia da chave octagonal feita por Lionel em Kryptonita e insere na nave causando uma gigantesca explosão. Consegue destruir a nave, mas também destroi outras coisas ...
Com a explosão, Martha perdeu seu bebê, causando grande sofrimento a seus pais. Não podendo conviver com isso, usa como recurso a Kryptonita vermelha para ter coragem de largar tudo. Clark coloca o anel com a pedra vermelha e sai de Smallville e da vida das pessoas que tanto ama.
Clark , percebeu que trouxe dor as pessoas que ama. Muitas dúvidas vieram em sua mente, levando-o não só a estacionar no seu desenvolvimento e sua evolução, como também a se desviar do verdadeiro caminho.
Nesse momento, Clark não parou para estabelecer uma contabilidade moral entre seus atos bons que fez até então e os maus. Sendo governado por uma mente lógica, não conseguiu entender a balança das reciprocidades como a de “dar e receber”, pois um deslize não é suficiente para apagar tantas atitudes nobres que já teve.
Não quer dizer que seus atos bons justificariam seu ato de ‘destruição” causado com a explosão, tampouco estabelece uma relação simplista de causa e efeito. Mas, faz parte de um burilamento pessoal Clark enfrentar dificuldades, e elas demandam elucidações. O teste que ele está passando, não é sobre a simples questão de ficar e encarar seu erro ou fugir para não se defrontar com sua falha. O conflito real não está em fazer uma escolha, mas como ele enxerga a situação: ver com a ótica da aceitação ou com a ótica do conflito. Sua vida é como um grande quebra cabeças que só poderá ser compreendida quando todas as peças forem colocadas no seu devido lugar.
“ Viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como você o encara é que faz a diferença” ( Benjamin Franklin)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton