ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Terceira Temporada - Episódio 22

· Episódio “Acordo” (3.22)
Clark é visitado por uma jovem de nome Kara, que se diz ser Kryptoniana e que veio com o intuito de levá-lo de volta para sua verdadeira “casa”. Kara chama Clark para acompanhá-la em uma viagem para um outro mundo, onde suas dúvidas serão todas respondidas. Dizendo que todos na terra iram decepciona-lo seja enganando, traindo ou abandonando, se ele ficar só terá sofrimento. Kara diz a Clark que ele já está pronto para seguir seu curso rumo a seu verdadeiro quinhão, e que Jor-el o está aguardando.
Kara – “ Pode achar que sabe seu destino, mas nem faz idéia da grandeza que vai alcançar. (3.22)
Ela diz que veio apenas para ajudar a transição de Clark, mas a decisão precisa ser dele.
Jonathan desconfia de Kara e pega uma xícara que ela segurou para examinar suas digitais.
Lana pede a Clark para levá-la ao aeroporto e pergunta pela última vez:
Lana – “ Clark, se tem algo para me dizer, diga antes que eu vá embora.”
Clark permaneceu calado...
“ Por vezes o silêncio vale mil palavras, outras o silêncio é a face inaudível da mordaça.” (M. Guimarães )
Lana embarca e, Clark de longe recolhido com sua tristeza preferiu se sufocar com sua saudade.Clark recebe uma chave de Lionel Luthor, que abre uma porta no terceiro andar da ala leste da mansão.
Ao entrar nesse quarto repleto de informações sobre ele, Clark descobre que Lex nunca parou de investigá-lo. Decepcionado, Clark acha que Lex fingiu ser seu amigo só para pesquisar sua vida.
Ao perceber que tudo esta se esvaindo de suas mãos, com Lana e Pete partindo, Chloe tendo que se mudar para fazer parte do programa de proteção a testemunhas, Lex o enganando, começa a achar que o melhor mesmo seja seguir com Jor-El.
No tribunal Clark aparece no último minuto para depor contra Lionel, que perde o direito a fiança. Lex agradece por Clark ter comparecido.
Clark – “ Não vim por sua causa, Lex. Vim porque era o certo. Nossa amizade acabou.”
Como disse Dorothea Deluzy, “ É mais fácil perdoar a um inimigo do que a um amigo.”
Clark procura Kara, dizendo já estar pronto para ir com ela, e eles vão para a caverna.
Jonathan vai atrás para impedir a partida de Clark. Ele conta que descobriu que Kara não é de Krypton, ela era de Smallville e morreu no dia da chuva de meteoros. Seu nome é Lindsay Harrison, ela está sendo usada por Jor-el, que roubou-lhe sua vida, mantendo-a esses anos na caverna num estado adormecido, para atrair Clark.
Clark fica em dúvida se deve realmente partir, Jor-el interfere, ameaçando a vida de Jonahtan. Para poupar a vida de seu pai, Clark aceita seguir o destino traçado por Jor-el, entrando em um portal na caverna, Clark desaparece.
Jonathan não agüentando a carga energética recebida por Jor-El, entra em coma. A fazenda Kent recebe um raio de fogo, estigmatizando no campo um símbolo Kryptoniano, como um marco da partida de Clark.
Chloe e seu pai Gabe, seguindo com a equipe do FBI para uma nova vida, sofrem um atentado ao entrar em casa, com uma gigantesca explosão. Lex, após beber seu uísque, cai no chão envenenado, e aparentemente morre (e parece quase renascer, provando possuir uma resistência incrível)
Clark viajando no vazio da imensidão do universo escuta as palavras de Jor-El:
Jor- El – “ Kal- El meu filho, agora você vai renascer...”
Clark percebeu que não poderia mais titubear, e teria que arcar com a responsabilidade de ser suprahumano.
“ É nos momentos de decisão que seu destino é traçado”. (Anthony Robbins).
Ele sabia que era chegada a hora de mudar muita coisa dentro dele que foi sedimentado ao longo de sua existência.
Seu lado Kryptoniano que agora aflora inexoravelmente exige novas posturas, objetivos maiores, uma maneira insólita de ver as coisas, com uma mentalidade hodierna.
“ O importante é termos a capacidade de sacrificar aquilo que somos, para ser aquilo que podemos ser. (Charles Dubois)
É chegada a hora de alterar o rumo, de avançar com seu espírito ao encontro com sua verdadeira natureza, libertando-o de suas vicissitudes, tornando-se ainda mais digno de suas responsabilidades.
"Que a estrada se abra à sua frente, Que o vento sopre levemente às suas costas ,Que o sol brilhe morno e suave em sua face, Que a chuva caia de mansinho em seus campos... E, até que nos encontremos de novo, Que Deus lhe guarde na palma de suas mãos. " (Prece Irlandesa )

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton