ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Segunda Temporada - Episódio 10

· Episódio “Mutantes (Skinwakers)” (2.10)
“Clark estava fazendo trilha de moto com Pete e cai em uma caverna. Dentro da caverna Clark conhece Kyla, uma jovem da tribo Kawatche que estava fazendo pesquisas sobre os desenhos em suas paredes. Com o desabamento de Clark abriu-se uma fenda que Kyla não conhecia, ela descobre símbolos que descrevem a lenda de Naman. É uma profecia sobre a chegada de um ser com a força de 10 homens e que solta fogo pelos olhos.
Ao escutar sobre a lenda Clark reconhece um dos desenhos na parede, em formato octagonal da chave de sua nave.
Clark convida o avô de Kyla que estuda dialetos antigas para ir a sua casa, nem mesmo ele é capaz de decifrá-los.
Kyla então, mostra uma constelação, um grupamento de estrelas com o formato da cabeça de um lobo.
Grande parte das constelações foram nomeadas a partir da mitologia Grega. A constelação apontada por Kyla, é Lobo (Lupus – significado do nome: “lobo - localização: é uma constelação do Hemisfério Sul. Está localizada entre Centaurus a oeste e Scorpius ao nordeste – http://www.on.br/glossario/alfabeto/c/constelacao_lupus.html .)
Kyla conta que falta um dos ‘olhos” do lobo, ali existia uma estrela anteriormente, que agora não há mais.
Clark – “ E o que aconteceu com ela?
Kyla – “ Conte-me você, foi você que caiu do céu. (2.10)
Clark se interessa pelos pictogramas das cavernas e ajuda Kyla em sua pesquisa. Kyla conta para Clark a lenda de Namam e Sageeth (o bem e o mal) e também fala sobre a mulher que está predestinada para Naman. Clark se empenha em ajudar a salvar as cavernas de sua possível destruição, por causa de um mega empreendimento das empresas Luthor no terreno acima, que está abalando as estruturas das cavernas.
Um lobo surge em Smallville, causando uma morte acidental e assustando Martha Kent, que vinha da mansão de Lionel Luthor.
Chloe investiga e acha uma relação do nome da tribo de Kyla com mutação de animais. Clark desconfia que o lobo possa ser o avô de Kyla e ao perguntar a ela, Kyla se ofende e coloca em duvida a relação deles. Clark pressente algo errado e resolve ir até a mansão avisar Lex e encontra um Lobo prestes a atacar Lionel. Quando Clark e os seguranças da mansão adentram na biblioteca, o lobo se assusta e foge pela vidraça. Clark encontra sangue no vidro e segue os rastros. Clark vê o animal ferido na floresta, voltando a sua forma humana: é Kyla. Em seus últimos suspiros, Kyla fala para Clark:
Kyla – “ ... eu sinto muito por não poder ser sua, Naman...” (2.10)
O sincronismo se encarregou de colocar Clark no lugar, na hora e no momento certo, diante da situação e da pessoa certa!
Kyla entrou na vida de Clark por uma razão: fornecer-lhe uma orientação e ajudar a ampliar sua visão,proporcionando um senso mais profundo dele mesmo. Ensinou Clark a crescer e aprender mais sobre quem é. Mesmo o momento sendo breve, com certeza, ela deixou alguma coisa para Clark. Kyla surgiu trazendo “mensagens codificadas,” como forma de sinais para dizer que a vida de Clark tem uma grande missão.
Suas similaridades de pensamento traziam paz, em forma de felicidade. Seus semblantes reafirmavam o quanto um se completava com o outro.
O seu “trabalho” foi feito, e chegou o tempo dela se “ir”. O valor do relacionamento não foi pelo tempo que durou, mas pela intensidade de coisas que ele trouxe a Clark. Esses momentos marcam de uma forma surpreendente, além de comovê-lo com sua morte, trouxe uma grande transformação. Ensinou que muitas vezes, situações que machucam profundamente, trazem uma lição que permanecerá para sempre.
“ Aprendi que as pessoas entram na nossa vida como no jogo de xadrez. Por mais insignificante que nos possa parecer um simples peão, só chegamos ao fim se ele lá estiver, porque para se iniciar um jogo precisa-se de todas as peças, mesmo que seja para sair do jogo logo no inicio. “ (autor desconhecido)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton