ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

QuartaTemporada - Episódio 18

· Episódio “Spirit / O Espírito” (4.18)
Chegou o baile de formatura do último ano do Colégio Smallville High. E com isso a eleição da rainha do baile. Lana desta vez não irá concorrer , pois nem irá ao baile. Ela acha que não pega bem parecer com Jason, após ele ter sido despedido do colégio por seu envolvimento com ela.
Dawn pela primeira vez vê uma chance de ser eleita a rainha, e faz de tudo para conseguir sua coroa, mas apenas se preocupa com futilidades, como unha, cabelos, roupa e limunise para ir ao baile. Cansando de sua superficialidade seu namorado Billy termina com ela. Não querendo chegar ao baile desacompanhada, Dawn pega o anuário do colégio para escolher seu novo par. Mesmo dirigindo começa a ler o livro do colégio. Encontrando a foto de Clark, decide ir com ele, mas um acidente muda seus planos. Por não estar prestando atenção na estrada, Dawn bate com o carro, que rola uma ribanceira, caindo na cratera cheia de meteoros. Sem perceber que sue corpo ficara no chão, seu espirito sai para estrada para pedir ajuda. Como não é vista por ninguém, o carro que vem na estrada passa direto, atropelando o espirito de Dawn. Seu espirito invade e se apodera do corpo da motorista , Martha Kent, que passa a ter uma perda transitória da consciência e de sua própria identidade.
“Martha” chega em casa aparentando as características de uma adolescente, sem consciência de seus atos, não sabe o que diz, nem o que o que faz, pois tudo passa a ser obra de “Dawn”. Clark percebe o estranho comportamento de sua mãe e vai até o Talon verificar o que está se passando com ela. Porém antes dele chegar, o espírito de Dawn entra no corpo de Lana, causando nela a mesma possessão espiritual ( Lana permanece ligada a seu corpo mas sem o seu domínio, como que mergulhada num vazio, uma forma de um transe catatônico). Sua postura e a maneira de falar, lembra Dawn de forma quase idêntica. Quando Clark chega no Talon, percebe uma alteração em seu comportamento, principalmente por “Lana” convidá-lo para ser seu par no baile.
Clark indaga para sua mãe como ela está se sentindo e Martha não sabe explicar como parou no Talon, a última coisa que se lembra foi de estar dirigindo na estrada.
“Lana” chega no colégio e vê Billy, ex-namorado de Dawn. Usando o corpo de Lana, o espirito de Dawn quer se vingar de Billy por ter terminado o namoro com ela. Através de cabos de força “Lana” tenta eletrucutar Billy, que estava tomando banho no vestuário.
Clark vendo o que Lana fez, percebe que há algo de errado e pede ajuda a Chloe, para apurar o que esta acontecendo. Chloe descobre que o carro de Dawn Stiles caiu n a cratera Gorge, maior reino de meteoros de Smallville, próximo a estrada onde Martha Kent estava passando quando foi acometida pelo “branco” e daí então não se lembra de mais nada. Daí a explicação para tanto Martha quanto Lana serem obrigadas a fazerem coisas que não desejavam e tendo atitudes das mais díspares.
Dawn saiu do corpo de Lana e possuiu outra pessoa, indo até o hospital ver seu verdadeiro corpo em coma. Ao perceber que seu rosto estava todo desfigurado, aplica uma injeção letal, matando seu veículo físico, entrando depois no corpo de Lois.
Decidida em ir ao baile, Dawn possuindo Lois, obriga Clark a levá-la ao baile. Chloe se surpreende ao ver Clark chegando na festa com sua prima e fica feliz em ver que Clark não desperdiçar um momento tão importante como a comemoração da formatura, um marco que fará eles deixarem para trás a vida de adolescentes e mais tarde ele poderia se arrepender de não ter ido. Ao anunciarem que Chloe foi eleita a rainha do baile, Lois a abraça, passando o espirito de Dawn para Chloe. Clark percebe que algo aconteceu com Chloe, que deixou de agir como é de seu costume. Ao receber a faixa de rainha, “Chloe” resolve acabar com a festa, tentando incendiar o pavilhão. Clark bola um plano com seu pai, pedindo para ele pegar uma pedra de meteoro. Ao enfrentar “Chloe” o espirito de Dawn passa para o corpo de Clark e seu pai com a kryptonita na mão confere tanta dor ao corpo de Clark que Dawn não resiste libertando-o de seu espirito. O espirito de Dawn finalmente conseguiu seguir seu caminho. Chloe já tinha voltado a si, mas se finge de desmaiada, não deixando ninguém perceber que ela descobriu como o meteoro verde afetou Clark. Com todos bem, eles voltam ao salão para aproveitar o final da festa.
Clark – “ Sabe, eu estava pensando, já que você se produziu toda e veio até mim, a gente deveria pelo menos dançar um pouco.
Lois - Cavalheirismo notado. Mas, hum... eu não sou aquela com quem você gostaria de dançar, Clark. Ela é, Vá.”
Lana aparece no salão sem Jason. Depois do arrombamento de seu apartamento por causa da pedra que Jason lhe deu da China, Lana viu um lado “negro” em Jason que ela não conhecia, ao pegar em flagrante Jason ameaçando a vida de Lionel. Com isso eles esfriaram e Lana não o tem encontrado. Jason por sua vez ficou tramando um plano para se apoderar da Pedra que Brigith Crosby pegou com Edgar, matando-a e incriminando Lex, colocando seu corpo no Jardim da mansão. Lex teve que se encarregar de se livrar do corpo, facilitando as coisas para Jason e sua mãe, Genevive. Jason deixa claro que foi o mandante do arrombamento da casa de Lana, com o intuito para pegar de volta a pedra que deu para ela e entregar a sua mãe. Mas Lana foi mais esperta trocando o esconderijo do artefato. Com tantas coisas na cabeça, Jason esqueceu do baile.
Clark foi chamar Lana para dançar, ela não só aceita ,como dança com seu rosto pousado suavemente nos ombros de Clark, de uma forma muito terna. Jason então, aparece no baile, mas encontra Lana dançando com Clark.
Chloe olha os dois dançando, com os olhos cheios de lágrima. Sua prima tenta amenizar-lhe a dor dizendo que daqui a um ano tudo isso fará parte do passado. Mas o amor de Chloe por Clark é tão forte, que ela ainda nem consegui esquecer o último baile, no qual que era ela que dançava com Clark no salão.
Lois – “ Você estará indo para Metrópolis. Você está destinada a ser uma grande repórter no Planeta Diário.
Você acha mesmo que Clark Kent será capaz de ficar com você?
Chloe – “ Sabe, Lois, Eu acho que Clark tem muito mais a oferecer do que você imagina.”
Clark só concordou em ir ao baile por insistência de sua parceira. Ela deu a Clark a chance de aproveitar um momento único vivenciado pela formatura , como disse Victor Hugo “ ... cada idade tem seu prazer e sua dor e é preciso deixar que elas escorram dentro de nós”. Alimentando e enriquecendo cada ocasião vivida, contabilizando o que se esvaiu a passos largos, mas que por isso mesmo dá espaço para um novo ciclo se iniciar. Ele aprendeu a importância de usufruir a dádiva do momento singular, transitório sim, mas capaz de deixar uma lembrança eterna em sua alma. Caso ele ficasse em casa, estaria fechando as portas a oportunidade de ser feliz. Como foi o seu deleitamento ao conseguir realizar seu sonho de tanto tempo: estar dançando no baile com Lana. Claro que essa escolha competiu a ele: agarrar a chance de algo maravilhoso acontecer e escrever com a tinta da satisfação esse momento inesquecível em seu livro da vida ou desperdiçar a oportunidade de ser feliz ficando em casa se lamuriando em tristezas pelo que poderia ter sido, mas que ele nem deu chance para ser. Os momento precisam ser vividos e não apenas sobrevividos. A felicidade e todo regozijo que a vida traz passam na porta da nossa casa como bondes, alguns escolhemos e pegamos a chance de ter essa bem-aventurança, outros por sua vez deixamos se perder seguindo outros caminhos, sem que nem imaginemos o mundo de venturas que nos levaria.
Clark também lidou com o sobrenatural, ao se deparar com um espirito que aleatoriamente ia possuindo os corpos ao qual ia encontrando. Foi um teste de sensibilidade e percepção, não ser enganado pelo que via e escutar sua intuição, já fortalecida de muita sagacidade. Sua mente já não o deixa mais se enganar tão facilmente mostrando ter seus sentidos sob controle.
O conhecimento ao qual se abriu com os ensinamentos que viveu com seus três mentores ( Jonathan, Jor-El e Dr. Swan) abriu seu pensamento para um mundo mais transcendental, destruindo o véu das aparências que torna as pessoas ignorantes, conseguindo abrir sua visão para além das aparências , exatamente como o sol revela com sua luminosidade a beleza no mundo.
“ ... E que os homens universalmente julgam mais pelos olhos que pelas mãos, pois que a todos é dado ver, mas a poucos sentir. Todos vêem aquilo que tu pareces, poucos sentem o que és... Porque o vulgo deixa-se sempre levar pela aparência... “ ( O príncipe, de Maquiavel)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton