ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Segunda Temporada - Episódio 5

· Episódio “Poemas de Amor ( Nocturne)” (2.05)
Lana recebe poemas de amor de um admirador secreto, e demonstra gostar. O admirador, Byron, se revela a Lana como um poeta inspirado por Shakespeare . De hábitos estranhos, e muito reprimido pela família, o rapaz se apavora ao perceber que o dia está amanhecendo e ele está fora de casa. Clark e Lana se oferecem para levá-lo em casa. Encontram seu pai a espera do rapaz com uma espingarda na mão. Clark resolve averiguar sobre o Byron e o encontra trancado no porão escuro, acorrentado. Revoltado com isso, Clark o solta e tira-o de casa, mas ao entrar em contato com a luz do sol, ele se torna uma criatura perigosa, fugindo. Clark conseguiu detê-lo, e obteve para ele tratamento nas empresas Luthor.
Clark teve contato com a marginalização sofrida por alguém que é diferente. Ao se deparar com Byron Moore vivendo excluído da sociedade, imaginou que isso poderia estar acontecendo com ele:
Clark – “ Acredite, entendo melhor do que você pensa”. (2.05)
Nem todos estão preparados para lidar com as dificuldades que envolve ter uma pessoa “diferente” na família. Os pais de Byron enfrentaram de sua maneira: rudimentar. Mais uma vez Clark percebeu como foi abençoado com os pais que tem.
"A família é como a varíola: a gente tem quando criança e fica marcado para o resto da vida" ( Jean Paul Sartre)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton