ESCLARECIMENTOS

Este material não fazia parte da realidade do meu momento atual, tornou-se aos poucos um grande sonho, que trouxe para minha vida esclarecimentos e elucidações. Por isso decidi compartilhar com outras pessoas a grande experiência que foi essa viagem a o mundo de Smallville.
Minha principal meta é apresentar um material para que os leitores tirem suas próprias idéias e deduções partindo do meu ponto de vista.
Deixo explicitamente transparente que não me julgo uma grande entendedora dos assuntos específicos de cada episódio. Mas, tenho um enorme encanto e constante interesse por esses temas. Me considero uma curiosa e uma amante insaciável de múltiplas áreas. Quero acrescentar também, que meu conhecimento e credenciais profissionais não abarcam essa gama profunda de assuntos. Para me tornar uma melhor conhecedora, apenas me deixei seduzir com o seriado Smallville e me dediquei a pesquisar cada vez mais um grande número de áreas do saber.
Para iniciar esta obra contei com a ajuda de várias pessoas que me motivaram a seguir em frente, com apoio e, sempre me preenchendo de energia, através do mais nobre dos relacionamentos: O de mestre e aluno.

domingo, 14 de setembro de 2008

Terceira Temporada - Episódio 4

· Episódio “Adormecido” (3.04)
Clark adormeceu trinta e seis horas. Enquanto fica dormindo sonha com Sara Conroy, sendo perseguida por um ser que ela denomina “Viajante”. Sara penetra nos sonhos de Clark e descobre seus medos e quimeras: Lana aceita ficar com Clark sem criar impecilhos, com uma relação mais leve; Jonathan aceita os presentes de Lex; Chloe aposenta o mural do esquisito e Lex descobre os seus segredos. Clark mesmo dormindo sente que precisa salvar Sara, mas não consegue impedi-la de ser tragada pela terra.
Ao acordar Clark descobre que Sara é sua nova vizinha, que se mudou para a antiga casa de Lana. Ele vai visitá-la e descobre que ela está em estado de letargia a seis anos, quando sofreu um acidente caindo da ponte Loeb, em um rio rico em meteoritos verdes. Ele sabe que Sara está de alguma forma induzindo-o a dormir e assim consegue entrar em seus sonhos para se comunicar e pedir ajudar. Lana consegue documentos nos arquivos públicos, mostrando que os pais de Sara eram muito ricos e com sua morte no acidente Sara herdou tudo. Seu tio Nicolas a adotou, passando a administrar a fortuna. Usando a influência de Lex, Clark descobre informações sobre o estado de Sara no hospital de Metrópolis, constatando que ela já deveria ter acordado.
Resolvendo investigar Clark vai até a casa de seus novos vizinhos, descobrindo um armário com remédios que Nicololas está aplicando em Sara, possivelmente soníferos. Indo levar o medicamento para análise, Clark adormece dirigindo, pois Sara quer lhe avisar que o “Viajante” está com muita raiva de Clark. Ele capota com o carro e nem assim acorda, pois está travando uma verdadeira batalha astral com o ‘Viajante”. Clark descobre que seus poderes também funcionam no mundo de Morfeu. Com a ajuda de Sara ele consegue fulminar o ‘Viajante”, pois esse “ser das trevas” tem força enquanto Sara fraquejar. Finalmente conseguem acordar desse pesadelo.
Clark pega Nicolas em flagrante tentando matar Lana e ele vai preso.
Sara – “ ... você é um cara especial. Vi as coisas que é capaz de fazer.
Clark – Em sonhos, todos somos super...” (3.04)
Sara mesmo dormindo, ao vir morar perto de Clark sente sua potencialidade mental. Ela faz Clark viajar durante o sono para outro “reino” e Clark trava sua primeira guerra em outro plano, que não a realidade física. Ele precisa batalhar com uma figura negativa, que nesse plano também tem muitos poderes. Como Sara tem muito medo desse “ser”, ela o fortalece e Clark precisa ensiná-la a ter controle de seu medo, pois o medo produz fraqueza de caráter e insegurança, permitindo que o “Viajante” retire a energia dela e acople suas energias mais densas, facilitando seu adormecimento. Ao dormir, Sara é facilmente tragada para as baixas esferas, tendo uma parcela dela presa nessa realidade, criando assim um circulo vicioso de energias mal qualificadas e instabilidade emocional. Essas interferências no campo emocional criam bloqueios que impedem Clark de usar suas habilidades.
Nesse exercício de travessia, Clark vê Sara sendo atormentada pelo “Viajante”, que não se limita apenas a perseguir sua vítima em todos os seus passos, procura prejudicá-la de todas as formas possíveis de assédio de modo a enfraquecê-la e provocar-lhe contínuo sofrimento. Clark utiliza um super poder psicossomático, usando seus pensamentos positivos, como confiança, determinação e firmeza. Somados com seus sentimentos éticos elevados que recarregam as energias de Sara, facilitando vencer a batalha.
"O medo faz parte da vida da gente. Algumas pessoas não sabem como enfrentá-lo. Outras, acho que estou entre elas, aprendem a conviver com ele e o encaram não de forma negativa, mas como um sentimento de auto preservação." (Ayrton Senna)

Nenhum comentário:

 

smallville

superman

super homem

clark kent

kansas
krypton